quinta-feira, 23 de abril de 2009

o que mais temo


era uma festa feliz, todos dançavam, riam, discutiam brigavam... e novamente riam. eu adormeci no sofá, embalada pelo murmurio das pessoas ao meu redor, tudo tao feliz, tao constante. adormeci. Ja escurecera, eu saltei do sofá, onde estao todos ? chamo pelo meus pais, mas a casa esta em silencio absoluto. cade aqueles que a pouco estavam entre nós ? o vazio embrulha o meu estomago, as sombras mais do que nunca parecem estar em tres dimensoes ? corro pela casa gritando nomes ? mas só o que ouço em troca sao os estralhos da madeira, produzidos pela friagem la fora.

4 comentários:

  1. ai amoor ...
    o poema , neah ?
    muitos tem esse medo, de dormir e acordar com algo ruim acontecendo. ou que algo ruim aconteça enquanto voce dorme.
    mas o importante é voce saber que voce é jovem, tem muito o que viver ainda. assim como todos que estao a sua volta.
    entao nao há com o que se preocupar.

    tente nao ficar pensando muito nessas coisas. elas fazem mal. e não quero ver a minha outra metade da laranja mal.
    te amo muito

    beijinhoos

    ResponderExcluir
  2. caataa , tem selinho pra voce la no meu blog

    beijooos ;**

    ResponderExcluir
  3. tem selinho pra voce no meu blog.
    beijos
    e eu amo seu blog.

    ResponderExcluir
  4. Tem selinho pra vc no meu bloog!

    ResponderExcluir

Have some fun ;D